6 dicas de marketing digital para imobiliárias, incorporadoras e loteadoras

marketing incorporadoras

Marketing Digital Mercado Imobiliário

Se você está aqui, provavelmente é porque quer aprender sobre marketing digital para vender mais imóveis. Independente se você possui uma imobiliária, trabalha em uma incorporadora ou loteadora, esse post ajudará com algumas dicas para construir e aumentar a presença online de seu negócio.

Práticas tradicionais de marketing como mala direta, flyers e folhetos podem funcionar, mas o marketing digital é uma maneira altamente produtiva para atingir seu público-alvo e potencializar suas vendas. Separamos seis dicas para te ajudar a vender mais imóveis, confira:

#1 – Tenha um site completo e otimizado

O primeiro passo para uma estratégia digital em qualquer tipo de empresa é ter um site. As pessoas falam que é como se fosse o ‘’cartão de visita versão online”, mas a verdade é que seu site deve entregar bem mais que isso.

Além de informações básicas de contato (que é presente em todo tipo de peça de comunicação), seu site deve ser direcionado para a geração de leads.

O que seria isso? Ele deve ser construído com a razão de atrair visitantes, de forma intuitiva e educativa. Algumas dicas adicionais, para entender melhor:

Crie do zero

Fuja de modelos prontos de website, normalmente estáticos e pouco flexíveis de alterações. Dessa forma, o site de seu empreendimento será exclusivo e diferente dos concorrentes, construindo uma identidade visual melhor.

Seja responsivo

Durante o desenvolvimento do site, diga para a sua empresa de marketing digital que você quer um site dinâmico e responsivo. Assim, ele se ajustará facilmente em qualquer tipo de dispositivo que o usuário use – seja desktop, tablet ou smartphone.

Chamadas para ação

Seu site deve contar com vários botões chamados CTAs, que direcionam seus visitantes a uma conversão, ou seja, uma página que contenha um formulário a ser preenchido.

#2 – Dê atenção para o SEO

SEO significa Search Engine Optimization, ou seja, “otimização para mecanismos de busca”. Para ficar mais claro, é uma estratégia que se consiste em melhorar a posição do seu site em buscadores (como o Google), de forma que ele será mais fácil de ser encontrado e, consequentemente, aumentará o seu tráfego.

Os esforços de SEO afetam resultados de pesquisa orgânica, ou seja, você “não paga” para estar em determinada posição do Google. Pense em palavras-chave: você sabe como seu cliente procura seu empreendimento na internet? Como ele pesquisaria?

Fazer uma pesquisa de palavra-chave é um elemento de SEO, mas não o único. Outras ações que contemplam a estratégia incluem otimizar os títulos das páginas do seu site e as meta descriptions para assegurar que seu site é facilmente navegável, melhorando a estrutura da URL e se tornando mais confiável para o buscador.

#3 – Crie conteúdo que as pessoas gostem

Complementando o que já foi falado, uma estratégia de marketing de conteúdo não somente ajudará no SEO como atrairá visitantes para o seu site.

Tenha um blog dentro do site, em que tenha posts sobre assuntos relacionados ao seu empreendimento, seja um apartamento, condomínio ou loteamento. Isso não significa que deve ser comercial, pelo contrário!

Pense como seu cliente. Por quais assuntos ele se interessaria que estejam vinculados a você?

Imagine que você vende um loteamento fechado em alguma cidade do interior de São Paulo, mas você quer atingir pessoas que moram na capital. Publicações como “X motivos para morar no interior de São Paulo”, “Vale a pena investir em terrenos no interior?”, “X dicas para ter o jardim dos sonhos” e “Onde morar no interior de São Paulo” são alguns exemplos das inúmeras oportunidades que você pode explorar com marketing de conteúdo.

Investir nessa estratégia criará relevância e autoridade para seus visitantes e, com as palavras-chave certas, o ajudará a subir posições no Google!

#4 – Use Mídias Sociais de forma inteligente

Fato: muito provavelmente as pessoas que você quer atingir usam mídias sociais. E a variedade é grande: Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, Snapchat, Pinterest…mas isso não significa que você deve estar presente em todas.

Diferente de um comercial de TV, por exemplo, você não deve focar em alcançar o máximo de pessoas, mas sim no público certo para seu negócio.

Foque nas mídias em que seus leads são ativos. Eles usam Facebook? Ou só possuem uma conta no Instagram? Ou apenas um perfil profissional no LinkedIn?

Duas maneiras simples de explorar as mídias de forma inteligente: distribuindo o conteúdo de seu blog e investir em publicidade. Cada meio tem sua forma de trabalhar anúncios, então convém fazer um estudo prévio para ver onde é o melhor lugar para divulgar sua imobiliária, incorporadora ou loteadora.

#5 – Aposte em Links Patrocinados

Além da possibilidade de impulsionar posts e criar anúncios em Mídias Sociais, os buscadores também abrem espaço para publicidade.

O caso mais popular é o Google AdWords, uma plataforma de propaganda integrada, que direciona tráfego ao seu site por meio de mídia paga. Baseado na pesquisa da pessoa, o Google percorre inúmeros sites parceiros e algoritmos complexos que determinam quais anúncios serão mostrados para quem pesquisa no momento certo.

As melhores soluções para você vender mais imóveis são o tipo Pesquisa, em que aparecem em forma de texto nas primeiras posições de algum tipo de resultado de pesquisa; e Display, que são os anúncios em formato gráficos, aparecendo em diversos blogs e sites relacionados ao seu negócio, dependendo de como for a segmentação por canais.

A ferramenta funciona por meio PPCPay-per-click – ou seja, a cobrança será feita somente quando o usuário clicar em seu anúncio. É uma ótima maneira de gerar mais leads e aumentar o tráfego para o seu site.

#6 – Utilize Automação integrado a um CRM

Agora que você já adotou as melhores práticas de geração de leads, você precisa fazer um follow-up e nutrição de conteúdo para os que já estão em sua base de contatos.

Afinal de contas, apenas a geração não é suficiente: de nada adiantará se você não fizer um processo de acompanhamento com sua equipe de vendas.

Tente entrar em contato com os novos leads rapidamente. Você vai querer atender o quanto antes, enquanto o empreendimento está fresco na memória, certo?

Entretanto, já aviso de antemão que mais da metade dos seus leads não comprarão uma casa, apartamento ou terreno logo de cara. Talvez leve uma semana, seis meses ou até mesmo um ano para que eles estejam prontos para uma compra. Se você não tiver um CRM, ou seja, um software de gestão de relacionamento, você pode perder o controle de quantas oportunidades de negócio está perdendo.

Por meio de um CRM integrado a uma automação, será possível automatizar processos, como campanhas de e-mails de nutrição de acompanhamento dos leads no “funil de vendas”.

As oportunidades de negócio com uma solução completa de marketing digital são inúmeras, mas todas mensuráveis. Lembre-se que a internet, mais do que nunca, é uma aliada sua, e a comunicação off-line deve estar alinhada com a digital, sempre com a proposta de tornar seu empreendimento mais fácil de ser encontrado. No final, uma campanha de sucesso irá ajuda-lo a converter mais leads em clientes.

3Ss do Marketing Digital para sua Empresa- Guia Completo