Fale conosco pelo WhatsApp

Comparativo: Qual Ferramenta de Inbound Marketing é Ideal para sua Empresa?

6 de janeiro de 2017 | | 2284
Ferramenta Inbound
(Banco de imagens: Shutterstock)

 

Marketing é o combustível para todo o relacionamento entre clientes (e leads) e marcas. A área é também totalmente ligada com vendas.

Quando empresas iniciam as atividades, elas precisam essencialmente de vendedores: são eles os responsáveis para criar conexões e relacionamento com os potenciais clientes. A medida que a sua empresa cresce, se torna impossível manter o relacionamento “exclusivo” com a base toda.

Eventualmente, a gama de contatos, leads e clientes aumenta de uma forma que se torna inviável gerenciar tudo via planilhas de Excel ou documentos de Word. Mesmo que se contrate mais profissionais de marketing, tarefas redundantes como disparos de e-mail manuais prejudicarão o tempo e investimento do seu negócio.

É nesse momento que entram as ferramentas de Inbound Marketing, principalmente a automação.

Os objetivos da automação de marketing

Jornada do Consumidor Inbound
A automação de marketing é peça essencial na metodologia do Inbound Marketing. O processo, dividida por fases (atração, conversão, fechamento e encantamento), conecta várias ferramentas do marketing digital como mídias sociais, SEO, e-mail e CRM – tudo alinhado e personalizado com a Jornada do Comprador, ou seja, identificando em que estágio do processo em que os leads se encontram.

Como dar conta de tanta informação a tempo? A automação de marketing é a solução:

• Monitora todos os canais de contato entre leads e a empresa

Um dos objetivos básicos de qualquer plataforma de automação é a criação de relatórios e mensuração de resultados. Dados como tráfego no site, fonte de origem dos leads, interação em mídias sociais e e-mails são algumas informações que você consegue obter da ferramenta – de forma centralizada e prática.

• Otimiza o tempo de toda a equipe

Se tempo é dinheiro, a automação de marketing gera maior retorno sobre o investimento (ROI) para empresas. Por meio da nutrição automática de leads, a equipe comercial saberá quando o lead estará pronto para um contato. A parte trabalhosa se consiste apenas em configurar os fluxos de trabalho, ou seja, os caminhos que cada lead terá, de acordo com as interações, avançando cada vez no funil.

• Gerencia melhor o relacionamento

Com a automação, a comunicação fica mais poderosa: ela oferece a habilidade de adicionar toques mais pessoais para as campanhas, ao coletar dados sobre os objetivos e interesses dos leads – oferecendo o que realmente importa para eles.

Lembre-se: contatos são pessoas, não números! Por isso, cada um se encontra em algum estágio que, segundo a metodologia Inbound, pode ser o de conhecimento (identifica um problema/oportunidade), consideração (etapa para pesquisar as possíveis soluções) ou de decisão!

O processo de automação de marketing também é dinâmico: conforme o tempo passa, novas oportunidades de fluxos aparecerão, podendo segmentar listas cada vez mais qualificadas.

Dessa forma, os leads terão um engajamento melhor com conteúdos personalizados e de acordo com seus interesses, aumentando as chances de fechar um negócio.

Independente do tamanho da sua empresa, a automação é essencial. Afinal, o processo é o mesmo para uma base de 10, 100, 1.000 ou 10.000 leads.

Somente uma plataforma de Inbound Marketing irá conseguir dar conta de tudo isso para você. Tendo ciência disso, o próximo agora é decidir qual utilizar.

As principais plataformas de Inbound Marketing

Atualmente, são três ferramentas que se destacam:

HubSpot

Pioneira na metodologia Inbound, a HubSpot é a maior empresa do segmento no mundo, considerada como o software de automação mais completo do mercado. Desde 2006, anualmente, a empresa lança melhorias e novidades, o que a torna ainda superior aos concorrentes. Possui alguns produtos gratuitos, como CRM, mas também complementares de alto nível, como Business Intelligence.

SharpSpring

Criada em 2011, a SharpSpring é uma das melhores ferramentas de Inbound Marketing, também a nível global. Seu destaque é na gestão de fluxos de automação e segmentação de listas, focando mais no estágio do meio do funil (consideração) para baixo. Landing pages e artigos de blog, por exemplo, passaram a ser nativos somente em 2016. Possui um CRM nativo como o HubSpot, além do diferencial chamado VisitorID, que consegue identificar visitantes anônimos de seu site.

RD Station

Um software 100% nacional, da empresa Resultados Digitais. Possui metodologia inspirada no HubSpot, sendo uma alternativa de automação para quem tem uma verba mais limitada. Mesmo sendo uma boa ferramenta, apresenta várias limitações, como a falta de um CRM – essencial na gestão de leads, oportunidades e clientes.

VERSÃO PROFISSIONALHubSpotSharpSpringRD Station
Número de usuáriosilimitadoilimitado15
Número de contatosUS$ 50 a cada 1000Ilimitado (sob consulta)R$ 539 a cada 10.000
Subdomínios4ilimitadoilimitado
Implementação obrigatóriaUS$ 3.000 (compra direta)NãoMínimo R$ 860 (compra direta)
Blog internoSimSimNão
Gestão de conteúdoSim, nativoNãoNão
Automação de mídias sociaisSimNãoNão
Agendamento de publicações nas mídias sociaisSimNãoSim
Monitoramento de interação nas mídias sociaisSimNãoSim
Notificação via e-mailSimSimSim
Aplicativo no smartphoneSimNãoNão
Painel de relatóriosSimSimSim
Análise de desempenhoSimNãoNão
Auditoria de palavras-chaveSimNãoSim
Criação e Edição de Landing PagesSimSimSim
Criação de CTAs (Call-to-Actions)SimNãoNão
Criação de FormuláriosSimSimSim
Contextual ContentSimNãoNão
Nutrição de leadsSimSimSim
Lead Score (pontuação de leads)SimSimSim
Segmentação e listasSimSimSim
Gestão de campanhas de e-mailSimSimSim
Análise de Visitas, Conversões e Clientes por origemSimSimSim
Comparativo com concorrentesSimNãoNão
Integrações com outros softwaresSimSimSim
Integração com Google AdWordsSimSimNão
Gerenciamento de tarefasSimSimNão
CRM nativoSimSimNão

Qual é a melhor para você?

Sem dúvida, o HubSpot é uma das melhores ferramentas de Inbound Marketing no mercado, mas por conta disso, é a menos acessível. Ela é indicada para empresas de médio a grande porte, com faturamento acima de R$ 2 milhões. Pela cobrança extra de US$ 50,00 a cada 1.000 contatos na base, ela é ideal se seu produto é de alto valor agregado, como um loteamento fechado, e não necessita uma grande base de contatos.

Já o SharpSpring, é o meio termo: não é tão completo quanto o HubSpot, mas já possui mais funcionalidades que o RD Station. Como possui um CRM nativo, é excelente para integrar sua equipe de marketing e vendas. Se você nunca apostou em Marketing Digital, e quer experimentar um software acessível, é a melhor opção: não exige vínculo de longo prazo e não cobra multas e taxas caso suspenda a utilização.

Por fim, o RD Station é líder no Brasil em plataforma de Automação de Marketing, sendo até 5 vezes mais acessível que o HubSpot. Porém, das ferramentas de Inbound Marketing aqui comparadas, é a mais limitada. Não possui CRM nativo e, por isso, o investimento não será exclusivo na ferramenta, sendo necessário contratar outras para ter a potência que o SharpSpring e o HubSpot oferecem em uma única plataforma. Ela é indicada para pequenas empresas, cujo objetivo se consiste na geração e nutrição de leads, mas sem gestão de relacionamento com oportunidades e clientes.

Independente da escolha, é possível fazer Inbound Marketing com todas elas: a decisão vai do seu perfil, seus recursos e objetivos. Se seus concorrentes ainda não apostam em automação, você tem três grandes opções para sair na frente e destacar sua empresa no mercado.
Checklist de Marketing Digital