Fale conosco pelo WhatsApp

Como o seu site influencia a taxa de conversão de visitantes em leads?

Como o seu site influencia a taxa de conversão de visitantes em leads

A estrutura e conteúdo do site são características fundamentais para enriquecer a presença digital da marca e possibilitar a conversão de mais visitantes em leads e, posteriormente, em clientes. Vamos distinguir cada uma dessas etapas:

  • Visitantes: pessoas que encontram e acessam seu site independente do caminho que façam, seja por PPC, busca orgânica ou mídias sociais.
  • Leads: ao se deparar com uma oferta no site, como um e-book, o visitante preenche um formulário com suas informações para ter acesso ao conteúdo.
  • Clientes: quem efetivamente compra seu produto ou serviço.

Inbound MarketingA jornada do comprador do Inbound Marketing parte do pressuposto que, antes de ser seu cliente, o usuário irá visitar o seu site, conhecer as suas ofertas, sua empresa, os diferenciais do seu produto ou serviços e comparar com sites de concorrentes. Para que esse visitante decida continuar navegando no site ele precisa ter acesso a um conteúdo relevante, com um design claro e que facilite a leitura e a busca por novas informações.

Ao ter o que oferecer ao visitante, ele preenche um formulário em uma landing page e deixa de ser um usuário desconhecido, passa a ter nome, endereço, expectativas e assim você consegue definir seu público alvo.

Veja como criar buyer personas e definir seu público-alvo no HubSpot vídeo abaixo:

Se nessa jornada você conseguir satisfazer e informar seu usuário, oferecendo dados e empoderando, as chances desse visitante se transformar em um cliente é muito maior do que uma pessoa que entra no seu site, não encontra informações interessantes sobre você ou seu produto.

Qualidade e arquitetura do site

O aumento no número de conversões de visitantes em leads e, posteriormente, em potenciais clientes, fazem com que seja fundamental que o usuário encontre facilmente em seu site:

  • Conteúdo relevante sobre produtos/serviços;
  • Conteúdo relevante sobre você e seu segmento;
  • Estrutura responsiva;
  • Design chamativo e com uso de recursos visuais;
  • Respostas para as dúvidas que surgir durante a pesquisa.

Dessa forma, ao elaborar um site a empresa não deve focar em apenas um aspecto como somente o conteúdo ou o design. Um site efetivamente de qualidade reúne todos esses elementos e é pensado em converter clientes através de ofertas de conteúdo e informação com calls-to-actions devidamente pensados em cada etapa da jornada de compra.

Diferenciais do seu site

Inbound MarketingQuando um usuário entra na internet para realizar a busca sobre um produto ou serviço a busca orgânica irá oferecer algumas opções para ele solucionar as dúvidas ou necessidades que ele apresenta.

É nessa hora que seu site faz um grande diferencial. Ao pesquisas um assunto, o usuário tende a buscar informações em diversas fontes e dedica mais tempo àquelas que lhe apresentam o melhor conteúdo e conseguem prender sua atenção, respondendo as suas dúvidas.

O site que puder apresentar diferenciais, seja de conteúdo ou de design dará o primeiro passo para iniciar a conversão de um visitante em lead.

É preciso ter em mente que sites não são estáticos, eles precisam de constantes atualizações, oferecendo novidades aos usuários. Se um visitante entra três vezes no seu site e nunca encontra nada novo, ele deixará de buscar respostas no seu site. As necessidades dos usuários mudam, e seu site deve acompanhar isso.

Para que isso não aconteça é necessário sempre se atentar ao que você tem a oferecer, melhorar suas ofertas e conhecer seu cliente. Ao identificar seu público-alvo, será mais prazeroso, barato e efetivo o conteúdo que você cria, pois ele terá objetivos bem definidos.

Considere alguns fatores para analisar e melhorar o seu site, pensando no olhar do seu visitante, lead ou cliente:

New Call-to-action

  • Origem do tráfego;
  • Páginas mais visitadas, tempo médio em cada página e engajamento;
  • Páginas com alta taxa de rejeição;
  • O que os usuários mais procuram no seu site;
  • Número de visitantes novos e visitantes recorrentes;
  • Taxa de visitas versus taxa de conversão.

Essas são algumas das métricas que permitem identificar o que é mais atraente e mais rejeitado no seu site, possibilitando que haja constantes melhorias e aumento nos resultados.

Não esqueça: o sucesso da sua conversão também está relacionado a qualidade da sua landing page e do produto que você a oferecer.