Fale conosco pelo WhatsApp

Campanhas B2B: Como montar uma estratégia de impacto utilizando as mídias sociais

Alvo Estratégia

Além do LinkedIn, conheça outras mídias sociais e estratégias que ajudarão nos resultados para empresas B2B.

Alvo Estratégia

Se pedirmos para você pensar em uma página de grande sucesso no Facebook, por exemplo, dificilmente você citará uma B2B e isso é completamente natural, já que as empresas B2C entenderam com muito mais rapidez a importância desse meio de comunicação como estratégia de marketing digital e dominaram o mercado. Mas engana-se quem pensa que as redes sociais se resumem apenas em conversas com consumidores finais.

Ainda que seja minoria, o número de empresas B2B dentro das mídias sociais vem crescendo gradativamente, assim como relata um estudo realizado pela B2B Media Report 2015, o qual mostrou que 76% das marcas estudadas dos Estados Unidos e Reino Unido possuem contas no Twitter ou no Facebook. Na avaliação de frequência e eficiência nas conversas online mantidas pelas marcas foi estabelecido um ranking que teve a IBM como líder, a Cisco em segundo e a Oracle na terceira posição.

O cenário B2B está mudando, e enquanto umas já fazem sucesso nas mídias sociais, outras estão pensando agora nessa estratégia como um grande aliado para os resultados. Se você se encaixa na segunda opção, fique tranquilo, ainda há tempo de reverter essa situação.

Estratégias de mídias sociais para B2B são diferentes das B2C

Antes de iniciar em qualquer mídia social é importante que você tenha em mente: não copie estratégias de uma empresa B2C. Se seu foco não é o mesmo, logo sua estratégia também não é. Existem dois principais pontos diferentes entre B2B e B2C dentro das redes sociais:

  1. O conteúdo publicado em uma mídia social B2C deve agregar valores aos seus leitores e por isso as informações comerciais devem receber pouco destaque. Já as B2B podem ser maçantes no conteúdo profissional, como divulgação de cases, vídeos institucionais, valores da marca etc.;
  2. Apesar de algumas empresas B2C também almejarem as conversões, o objetivo delas dentro das mídias sociais vai um pouco mais além, como interação, branding, aumento de curtidas na página, tornar uma campanha viral, entre outros. Já o intuito das empresas B2B é 90% conversão.

Ou seja, não tente copiar uma página porque você simplesmente a admira. Você não sabe qual é o real objetivo daquela marca e, muito provavelmente, é bem diferente do seu. Se você tem dificuldades para gerenciar uma conta com estratégia B2B, saiba que existem diversas agências de marketing digital focadas em mídias sociais que, com certeza, te ajudarão.

Rede sociais para B2B: não se limite apenas ao LinkedIn

Se você perguntar para qualquer pessoa: Qual rede social devo usar para minha empresa B2B? A resposta será praticamente unânime: LinkedIn! E esse retorno estará parcialmente correto.

O LinkedIn se qualificou, ao longo destes 12 anos de vida, como a mídia social mais importante para o marketing B2B da atualidade. Afinal de contas, é nele que você pode encontrar pessoas de diferentes setores e cargos. Visando esse segmento, a própria ferramenta se qualificou para atender todas as demandas, e assim criou dentro da sua plataforma:

  • Company Pages: é como se fosse uma página pessoal, mas nesse caso é sobre a empresa. O intuito da Company Page é mostrar as características e diferencias da empresa, divulgando assuntos relacionados a área e a marca. Ela ainda ajuda a obter insights e dados importantes sobre o seu público, aproxima sua empresa do público-alvo e apresenta seus produtos de forma direta e dinâmica;
  • ShowCases Pages: é criado dentro de uma Company Page que mostra cada serviço da empresa. O layout é dividido basicamente em duas colunas, o que ajuda a empresa a criar um conteúdo com textos, imagens, vídeos, artigos, links e atingir com mais facilidade o público consumidor;
  • LinkedIn Ads: são anúncios patrocinados que são vinculados na plataforma da rede. Eles podem aparecer em diversas situações, como nas páginas de perfil, na página principal, caixa de entrada de mensagem, resultados de pesquisa e nas páginas de grupos. Além disso, a estratégia tem alto poder de segmentação, atingindo leads mais qualificados para seu negócio.

E agora vocês devem estar pensando “Se ela é tudo isso, então porque você disse que a resposta está parcialmente correta? ” Porque é importante que as empresas também conheçam e estejam presentes em outras redes sociais. Existem milhões de pessoas em outras redes e é preciso que as companhias aprendam a se comunicar com elas também. O LinkedIn é realmente a rede social mais qualificada para empresas B2B, mas não é a única a te ajudar a obter resultados!

Então quais outras mídias sociais devo investir para minha empresa B2B?

Todas as mídias sociais podem dar o devido resultado, desde que saibam respeitar as diretrizes delas e a companhia alinhe seu objetivo com a ferramenta. As empresas rankings, mostradas no começo do texto, utilizam outras mídias sociais, além do LinkedIn para estarem ativa nessa área e obter o resultado desejado. E se elas conseguiram, você também pode conseguir.

Antes de tudo esteja alinhado com uma coisa: O foco das empresas B2B são conversões, mas para isso é imprescindível que sua marca seja amada, desejada e conhecida pelos consumidores finais e assim exigirem para as empresas fornecedoras.

Facebook

Atualmente, o Facebook é a rede social que mais possui usuários ativos e, ficando fora dela, você corre o risco de perder futuros negócios. Arrisco até a dizer que para obter os resultados desejados, é imprescindível que sua empresa esteja conectada nela, independentemente do segmento.
A plataforma disponibiliza diversos meios para interagir com o público, como conteúdo, fotos, links, vídeos, lives, GIF etc. Além de anúncios e impulsionamento de publicação. Use-os ao seu favor. Não publique somente seus produtos. Divulgue sobre as políticas de trabalho, equipe, assuntos corporativos, entre outros. Mostre que além de trabalhar com produtos, você tem uma empresa cheia de vida e pessoas.

Exemplos: A Intel, sexto lugar no B2B Media Report 2015, em uma das estratégias, aproveitou uma onda viral que estava acontecendo na época para aplicar na sua empresa. E o resultado foi muito satisfatório, mostrando e elevando o ego dos seus colaboradores engenheiros, que são mais do que simples engenheiros, mas também pais, viajantes, músicos, entre outros.

Intel facebook

Instagram

Apesar do Instagram ser a rede mais limitada em algumas automações, como lincar uma matéria para o site, muitas empresas estão encontrando meios de se comunicar e divulgar seus interesses por essa rede. Divulgação de festas/eventos corporativos, equipe, frases motivacionais, trabalhos voluntários, cursos, entre outros. São assuntos que servem para o Instagram e dão muito resultado.

Exemplos: A Cisco ficou em segundo lugar no ranking da B2B Media Report 2015. Imagens da sua equipe, trabalhando ou em alguma ação solidária, e eventos da marca são os principais temas divulgados na rede.

 Cisco instagram

Twitter

Para a maioria dos brasileiros, o Twitter é uma ferramenta morta. Mas só para os brasileiros, que por sinal, estão perdendo grandes oportunidades enquanto pensam dessa forma. Ela é uma rede fácil e rápida para divulgação de conteúdo, principalmente, quando há alguma campanha, que possibilita ranquear uma hashtag. As empresas que não perderam tempo, criaram grandes comunicações, negócios e resultados na rede social.

Exemplos: A Oracle, em terceiro lugar no ranking B2B Media Report 2015, aproveita o Twitter para divulgar, em pequenos vídeos, seus produtos, como também, fotos da equipe, textos relacionados a marca, palestrar etc.

Oracle twitter

Slideshare

Muitas pessoas já ouviram falar, mas garanto que mais do que a metade delas não sabem muito bem como usá-la.

O Slideshare é uma rede social de compartilhamento de apresentações — assim como o próprio nome já diz —, mas não é qualquer apresentação.

Elas precisam ser mais inspiradoras, instigantes, que chamem a atenção do usuário, com design bem elaborado, informações relevantes, entre outros.  Devido tanto potencial e tão segmentada para o público B2B, o LinkedIn comprou a rede e hoje é encontrada dentro da própria plataforma do LinkedIn.

Além da ferramenta possuir mais de 70 milhões de visitas por mês, existem outros motivos para sua empresa também estar nessa rede:

  • Público qualificado: quem acessa o Slideshare sabe bem o que está procurando: informação de qualidade. Então é o momento de amarrar esse usuário a sua marca;
  • Tráfego: ótimo meio para aumentar o tráfego do seu site, blog ou redes sociais;
  • Fortalecimento da marca: além de atingir um público seletivo, é possível fortalecer sua marca mostrando o know how da sua equipe, por exemplo;
  • Evolução da estratégia: o Slideshare também possuí uma ferramenta de analytics que permite que você acompanhe o desempenho do seu conteúdo na plataforma, como fonte de tráfego, engajamento, conteúdos mais visualizados etc.

Exemplo: Na página do Slideshare você pode encontrar diversos exemplos e cases de sucesso, que você pode escolher por segmento e interesse. Se você ainda não tem familiaridade com a página, esse é o momento de começar a ter!

Slideshare B2B

A maioria dos conteúdos publicados deve e pode ser voltado diretamente para a sua marca, não necessariamente para um produto. Mas é importante que as companhias se lembrem que, atualmente, as pessoas buscam empresas mais humanas, sensíveis e próximas de seus clientes. Então invista em comunicações com esses fins, equilibre esses assuntos com conteúdo dos seus produtos. Se sua companhia possui uma equipe de comunicação interna, integre-os com as redes sociais. Será sem dúvida uma ótima estratégia.

E claro, para obter os resultados desejados, não se esqueça também de aplicar todas as práticas de mídias sociais para a divulgação dos conteúdos, como analisar métricas do site para obter dados dos seus clientes, verificar horário de maior alcance, investimento para as plataformas, respeitar número de caracteres e uso de hashtags, diversidade de conteúdo, entre outros. Todos esses pontos devem ser respeitados, analisados e aplicados ao iniciar uma estratégia em qualquer mídia social.

Bom, as ferramentas você tem, agora basta saber como usá-las ao seu favor. Boa sorte!
Checklist Mídias Sociais

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *