• Menu

O que é Inbound Marketing

O Inbound Marketing, também conhecido como o Marketing de Atração, é uma metodologia que consiste em atrair clientes através de conteúdos que sejam relevantes e úteis — e, acima de tudo, não interruptivos. O objetivo do Inbound Marketing é fazer com que consumidores te encontre por canais como blogs, mídias sociais e buscadores como o Google.

Diferentemente do outbound marketing, no Inbound Marketing você não precisa lutar com seus concorrentes pela atenção dos potenciais consumidores. Ao criar conteúdo voltado para os problemas e necessidades dos seus consumidores ideais, você atrairá prospects qualificados e construir confiança e credibilidade para o seu negócio.

Para que serve o Inbound Marketing

Geração de leads por Inbound marketing

Para substituir as tradicionais táticas de marketing que procuram “alugar a atenção” das pessoas, as empresas tem trabalhado novos métodos para construir conhecimento de marca, desenvolver relacionamentos e gerar leads. O Inbound Marketing — metodologia criada pela empresa americana HubSpot — veio com o objetivo de reduzir velhas táticas de interrupção e perseguição ao adotar uma abordagem inversa: os consumidores encontram sua empresa nos estágios iniciais de um processo de tomada de decisão, o que terá grande influência em suas futuras decisões de compra.

Como funciona o Inbound Marketing

Para entender melhor como funciona o Inbound Marketing, é importante entender algumas nomenclaturas:

Visitantes

Os visitantes compreendem todo o universo da internet. São pessoas que acessam seu site na web, mas que você não tem informação sobre quem são estas pessoas.

Leads

Leads são potenciais clientes que se interessam pelo seu produto ou serviço, mas que ainda não estão preparados para uma compra. São pessoas que entram em sua base de contatos por preencher um formulário de contato, solicitam mais informações sobre seu produto, fazem download de um e-book ou solicitam uma demonstração do seu produto.

Leads Qualificados de Marketing (MQLs)

De fato, cerca de 85% dos leads que chegam a seu website ainda não estão prontos para uma compra. Eles simplesmente estão procurando mais informações sobre aquilo que você tem a oferecer, mas não necessariamente tem porte, estrutura ou receita para comprar seu produto ou serviço.  Já os leads qualificados de marketing são leads validados por marketing por possuírem qualificadores que os caracterizam como potenciais clientes. Através de informações qualitativas, a equipe de marketing sabe que determinado lead possui todos os requisitos para se tornar um cliente.

Leads Qualificados de Vendas (SQLs)

Estes são os leads que já receberam contato da equipe comercial e que a intenção de compra se faz presente. Estes leads estão ansiosos para se tornar seu cliente!

Promotores

São clientes que estão tão satisfeitos com seu produto, serviço e atendimento pós-venda que se tornam promotores voluntários da sua marca. Os promotores levam novos clientes para sua empresa.

Agora que você já entende as nomenclaturas do Inbound Marketing é importante entender a metodologia. A metodologia do Inbound Marketing é desenhada para atrair os visitantes certos para o seu website com o objetivo de torná-los promotores do seu produto ao final de sua jornada de compra. Um ciclo completo do Inbound Marketing envolve 4 etapas: atrair, converter, fechar, encantar.  

Para que este ciclo se complete com êxito, é preciso ter um profundo entendimento sobre seu público-alvo — no inbound marketing conhecidos como “ buyer personas” — e sua jornada de compra.

Buyer Personas

Para atrair clientes desejados para seu site, a primeira etapa é saber quem eles são. Uma buyer persona é uma representação fictícia dos seus clientes mais importantes, que inclui informações de cargo e responsabilidades até os desafios profissionais mais importantes que eles enfrentam.

Desenvolver buyer personas te ajudará a obter um profundo entendimento dos seus consumidores, e, também, a como fazer marketing de uma forma que seja mutuamente benéfica. Buyer personas são uma parte integral do processo de inbound marketing e pode fazer uma grande diferença em seus esforços de marketing.

A jornada de compra

Uma jornada de compra tradicional envolve três fases: consciência, consideração, decisão.

Inbound MarketingNa fase de consciência, a pessoa sabe que tem um problema, mas ainda não é capaz de identificá-lo integralmente. Normalmente, estas pessoas ainda não sabem quais as soluções e quem pode ajudá-las. Neste estágio, as buscas na internet são genéricas. Exemplo: Como aumentar as vendas da minha empresa

Já na fase de consideração, já há um entendimento maior sobre o problema e suas soluções, o que torna seu comportamento de buscas mais específico. Digamos que a pessoa do exemplo acima, após sua pesquisa, descobriu que o inbound marketing pode ajudá-la a vender mais. Como ela provavelmente pesquisaria na internet? Exemplo: Como iniciar uma campanha de inbound marketing

Por fim, na fase de decisão é onde a pessoa do exemplo acima já sabe: ela precisa do inbound marketing para aumentar as vendas de sua empresa! O que ela pondera agora são fornecedores, plataformas e ferramentas para começar o trabalho. Seu comportamento de buscas muda novamente:

Exemplo: Como contratar uma agência de inbound marketing

Neste sentido, fica clara a importância de estabelecer sua presença digital nestes 3 momentos. Hoje, os consumidores não tem apenas mais opções disponíveis, eles tem muito mais informação do que em outros tempos. A metodologia do Inbound Marketing leva esta evolução em conta, o que te permite impactar positivamente seu público-alvo em todas as fases desta jornada através de conteúdos educativos que lhe mantenham como referência no assunto conforme seus potenciais clientes continuem pesquisando, comparando e considerando opções.

As etapas do Inbound Marketing

Já entendemos importantes nomenclaturas do inbound marketing que mostram a diferença entre visitantes, leads (e suas qualificações) e promotores. Também vimos a importância de desenvolver buyer personas e entender sua jornada de compra compreendida por 3 fases: consciência, consideração, decisão. Agora, vamos ver como completar o ciclo do Inbound nas suas 4 fases da metodologia: atrair, converter, fechar, encantar.

Atrair

Atrair pessoas para o seu website é o primeiro estágio da metodologia inbound marketing. Mas você não quer que qualquer pessoa chegue a seu site. Você quer pessoas com potencial de se tornarem leads ou clientes felizes. Como consegui-los? Neste estágio inicial você atrairá visitantes fornecendo o conteúdo certo, no momento certo e no lugar certo, e existem algumas táticas que podem te ajudar nesta etapa:

SEO (Search Engine Optimization)

Também conhecido como otimização para os sites, o SEO é uma importante frente do inbound marketing para atrair tráfego qualificado para seu site. O SEO é o processo de aumentar o volume de tráfego qualificado para o seu site através dos resultados orgânicos (não pagos) de pesquisa ao torná-lo mais relevante para os sites de  buscas como o Google, Bing! e Yahoo.

Ao se tornar mais relevante para os buscadores, seu website, vídeos, mídias sociais e outros conteúdos terão rankings melhores nos resultados de pesquisa. E quando você tem rankings melhores, você atrairá mais tráfego para seu website.

O SEO compreende aspectos criativos e técnicos necessários para atrair tráfego e melhorar suas posições nos buscadores. Isto inclui elementos como otimização de palavras-chave em suas páginas, a estrutura do código por trás do seu website e quantos e quais outros sites fazem links para suas páginas na web.

Estar bem posicionado nos resultados de busca para pesquisas que sua buyer persona costuma fazer é garantir maiores possibilidades de gerar confiança e autoridade.

Blog

Inbound Marketing começa com conteúdo, e um blog é a melhor maneira de atrair visitantes para o seu site. Com um blog, você pode facilmente responder dúvidas comuns que as pessoas tem em temas relacionados a seu produto, serviço e área de atuação. Quantas vezes você já pesquisou alguma coisa no Google e encontrou a resposta no blog do site de alguma empresa? O blog te estabelece como uma autoridade no assunto mesmo que o tópico em que você está cobrindo não inclua o produto ou serviço que você oferece.

Um blog é uma grande maneira de oferecer informação realmente relevante para aquilo que seu público procura — e, acima de tudo, uma das principais táticas da fase de atração. Você não estará vendendo seu produto ou serviço. Você estará ajudando potenciais clientes com conteúdo relevante e útil que eles lembrarão em uma futura tomada de decisão.

Links Patrocinados

A outra frente do marketing de busca, ou search engine marketing (SEM), são os links patrocinados. Esta é a parte de publicidade do Google, chamada de Google Adwords, em que resultados são exibidos no topo da página de resultados de pesquisa.

Ao contrário do SEO, em que as empresas não pagam para aparecer nos resultados de pesquisa, com os links patrocinados os anunciantes pagam a cada vez em que usuários clicam em seus anúncios. Uma vez que o orçamento é definido, você pode começar a gerar tráfego para o seu site quase que instantaneamente — uma vez que você estará no topo das páginas de resultados para palavras-chave selecionadas.

Mídias Sociais

Estratégias de inbound marketing de sucesso começam por conteúdos notáveis, e as mídias sociais permitem o compartilhamento destas informações, engajar com prospects e tornar sua marca mais “humana” para o público.

Mídias sociais como Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram  são elementos importantíssimos para atrair novos visitantes e gerar visitantes recorrentes. Para atrair tráfego com as mídias sociais, duas etapas são necessárias:

  • Criar conteúdo notável
  • Criar um plano de promoção desta conteúdo

Enquanto que criar conteúdo notável é a essência do inbound marketing, muitas vezes as empresas falham na promoção deste conteúdo. Um bom plano de promoção de conteúdo deve incluir alcance orgânico, social ads, desenvolvimento de relacionamento com outros usuários, participação em grupos. Um bom plano de promoção te permitirá alcançar mais pessoas para que vejam o conteúdo que você está criando.

Converter

Uma vez que os visitantes certos sejam atraídos para o seu site, o seu objetivo é convertê-los em leads ao obter suas informações de contato. Para receber estas informações, o conteúdo certo é oferecido a eles enquanto estão no seu site. Esta troca é mutuamente benéfica, uma vez que dá ao visitante mais conteúdo educativo enquanto dá a você a possibilidade de continuar impactando positivamente esta pessoa durante sua jornada de compra. Algumas são as táticas para te ajudar a converter visitantes em leads:

Criação de Ofertas

No Inbound Marketing, as ofertas de conteúdo são amplamente utilizadas com o propósito de converter visitantes em leads. Ofertas de conteúdo são materiais ricos que oferecem informação adicional de extrema relevância ao usuário. Estas ofertas podem ser e-books, guias práticos, webinars, vídeos, calculadores, simuladores, e muitas outras cujas quais sua criatividade é o limite. Após visitar o seu conteúdo e se interessar por ele, seus visitantes vão querer mais! E para isto, voluntariamente deixarão suas informações básicas de contato com o propósito de receber estes materiais adicionais.

Landing Pages

Landing Pages são páginas específicas dentro de um website em que o único objetivo é levar o visitante a uma conversão.

Dentro do Inbound Marketing, as landing pages são altamente utilizadas para converter visitantes em leads. É através de uma landing page que o usuário será persuadido a fazer o download de sua oferta de conteúdo, a se registrar para seu webinar, a solicitar uma demonstração do seu produto.

Landing pages devem ser específicas, e devem conduzir o usuário apenas a uma ação. Uma vez que você tenha definido a ação que você quer que o usuário tome, a construção da landing page deve ser em torno deste objetivo – o conteúdo, o título, as imagens, descrição, benefícios, depoimentos, e outros elementos.

Formulários

Para que visitantes do seu site se tornem leads, eles precisam preencher um formulário e registrar suas informações. É através do preenchimento de formulários que a troca mutuamente benéfica é realizada: o usuário recebe mais do seu conteúdo, e você recebe as informações de contato do visitante para continuar o relacionamento.

Certifique-se de otimizar seus formulários para tornar o processo de conversão o mais fácil possível, evitando pedir informações desnecessárias em um primeiro momento.

Calls-to-Action

Calls-to-Action, ou CTAs, são elementos visuais de destaque dentro do seu site que facilitam o processo de conversão. Devem ser chamativos e atraentes, de forma a induzir o visitante a clicar para receber determinada informação, conteúdo, solicitar uma proposta ou demonstração do seu produto ou serviço.

Conversion Rate Optimization (CRO)

CRO (Otimização da taxa de conversão) é um sistema empregado para descobrir o porquê os visitantes não estão convertendo em leads, e então você poderá realizar os ajustes necessários para aumentar o percentual de conversões. É um processo de diagnóstico, hipóteses, testes e análises. A maneira mais comum de conduzir a otimização de taxa de conversão é empregando testes A/B.

Testes A/B

Os testes A/B envolvem comparar duas versões de um elemento de marketing em um experimento. Estes elementos incluem, mas não limitam-se a: headlines, imagens, cores, disposição do layout, chamadas de destaque, entre outros.

Fechar

A etapa de fechamento é onde os leads são transformados em clientes. Neste estágio, você já atraiu os visitantes certos, os converteu em leads e precisa transformá-los em clientes. Existem ferramentas e táticas adequadas para este estágio que vão ajudar a fechar os leads certos, no momento certo, de forma mais rápida e fácil.

E-mail Marketing

Mesmo com todos os avanços no mundo do marketing digital nos últimos anos, o uso do e-mail marketing ainda é uma tática extremamente poderosa se utilizada corretamente. Esta é a forma mais barata de fazer marketing, e também a mais rentável (estudos dão conta que o e-mail marketing é capaz de trazer o Retorno do Investimento em 4000%).

De fato, existem muitos spams e e-mails indesejados enviados diariamente. Então, o que separa o bom e-mail do mau e-mail?

A resposta é simples: a abordagem inbound do e-mail marketing versus a abordagem outbound. Vamos ver alguns atributos que diferem o e-mail inbound do e-mail tradicional, o e-mail outbound:

Contatos que fizeram Opt-In

Se você está comprando listas de e-mails frios que jamais tiveram qualquer contato com sua empresa, então é hora de parar. Estes contatos simplesmente não te deram a permissão para o envio de e-mails, e suas comunicações não são desejadas por eles. O primeiro passo para se ter sucesso com o e-mail marketing é construir uma lista de e-mails de contatos que expressamente fizeram opt-in para receber suas comunicações, e isto pode ser atingido através de:

  • Blogging
  • Ofertas de Conteúdo
  • Newsletters
  • Cadastros em Mídias Sociais

Ao construir suas campanhas de e-mail em torno destes contatos ansiosos por receber suas comunicações, você verá um engajamento muito maior através de métricas como aberturas de e-mails, cliques em e-mails e conversões adicionais. Você também estará protegendo a reputação do seu endereço de IP ao evitar ser marcado como spam.

Conteúdo personalizado

Ainda é muito comum que empresas façam campanhas de e-mail direcionadas a todos os contatos de sua base, quer sejam eles leads ou clientes. Mas com um pouco de segmentação feita em excel ou em uma ferramenta de automação de marketing, você pode começar a criar listas de contatos mais específicas baseadas no status do contato, cargo, indústria, área de interesse, etc.

Conteúdo que leve valor ao destinatário

Seu primeiro e-mail em uma campanha de inbound marketing não deve ter um foco comercial logo de início. Especialmente se for destinado a uma lista de contatos que recém fizeram opt-in. Em vez disso, comece fornecendo conteúdo que os ajude a ter uma performance melhor no trabalho e respostas para dúvidas comuns que eles tem. Deste modo você estará começando a nutrir um relacionamento e naturalmente movê-los para um estágio mais próximo da venda.

Frequência

Outra grande diferença em e-mails dentro da metodologia inbound é sua frequência e cadência. Toda empresa tem um ciclo de vendas diferente — algumas mais longo, outras mais curto —  e suas campanhas de e-mail devem ser construídas em torno deste calendário. Concentrar a maior parte de seus e-mails em um período de duas semanas quando o típico ciclo de vendas da sua empresa [e de 12 meses, por exemplo, não é recomendável.

Automação de Marketing

Automação de Marketing

Automação de marketing refere-se a sistemas que automatizam seus esforços de marketing. Estes sistemas são projetados para te ajudar a priorizar e executar suas atividades de marketing de uma maneira mais rápida e efetiva.

Diferentemente de sistemas automatizados de manufatura, implementar um sistema de automação de marketing não vai tornar seu trabalho irrelevante, pelo contrário, o tornará altamente eficiente! Com a automação de marketing empresas ganham tempo para focar em atividades prioritários, enquanto não perdem a autenticidade de suas ações. É uma frente do inbound marketing indispensável para atingir resultados mais rapidamente.

Dois são os principais objetivos da automação de marketing: gerar mais receita para sua empresa e economizar seu tempo com atividades de rotina.

Como utilizar a automação de marketing

Muitos profissionais de marketing se utilizam do e-mail marketing na tentativa de alcançar resultados. Como vimos no tópico acima, o e-mail é uma maneira altamente efetiva e rentável para empresas que o utilizam dentro da metodologia inbound. No entanto, é muito comum que vejamos empresas enviando e-mails e mais e-mails para toda a base de contatos, sem nenhum tipo de segmentação, na esperança de que suas mensagens encontre alguém disposto a uma compra. Normalmente, estes esforços não trazem resultados.

Ao utilizar um sistema de automação de marketing, você será capaz de nutrir seus leads por todo seu ciclo de compras (buyer journey), entregando conteúdo altamente personalizado que vá direto ao encontro das necessidades de quem o recebe.

Além de facilitar seu trabalho com e-mails, a automação de marketing vai muito além! Ela te permite otimizar seus esforços em mídias sociais para agendar e publicar conteúdo, publicar em blogs, criar landing pages e CTAs com conteúdos dinâmicos que mudam de acordo com quem o visualiza, pontuar seus leads de acordo com o envolvimento, construir listas baseadas em diversos critérios, gerenciar sua base de contatos de maneira prática, construir fluxos de trabalho inteligentes, e muito mais.

Um exemplo da automação de marketing

Este é um exemplo de como uma automação de marketing básica funciona:

Passo 1: Um visitante entra em seu site e faz o download de um e-book.

Passo 2: Você programa um e-mail automático para agradecer a todas as pessoas que fizeram download do seu e-book.

Passo 3: Alguns dias depois, você enviar um e-mail de follow-up para a lista de pessoas que fizeram o download do seu e-book, oferecendo-lhes um estudo de caso relacionado a aquele tópico abordado no e-book.

Passo 4: Finalmente, depois que alguém fizer o download do seu estudo de caso, sua equipe de vendas receberá uma notificação automática para entrar em contato com estas pessoas. Estas pessoas agora estarão muito mais qualificadas e aquecidas para receber um contato da sua equipe comercial.

Nutrição de Leads

De forma prática, nutrição de leads é o processo de construção de relacionamento com indivíduos que não estão prontos para a compra no presente, mas que podem ser clientes ideais no futuro.

Seu objetivo é educar os prospects, levá-los ao conhecimento de sua marca, produtos e serviços e construir confiança, tornando mais fácil o processo de tomada de decisão deste prospect quando chegar a hora de escolher um fornecedor.

A construção deste relacionamento se dá através de e-mails segmentados com conteúdos relevantes para quem o recebe. Ao praticar a nutrição de leads, você não deixa de ser lembrado por seus prospects.

Apesar de o e-mail ser a principal maneira de fazer nutrição de leads, existem outras maneiras de realizá-la de forma altamente efetiva, e uma maneira de fazer com que isto aconteça é através de CTAs dinâmicos em seu site, ou seja, conteúdo personalizado para usuários com diferentes interesses

Como a automação de marketing ajuda no processo de nutrição de leads

Um pequeno empresário pode construir confiança e manter relacionamento com uma ou duas dezenas de leads. Um time pequeno de marketing talvez possa dar conta de manter relacionamento constante com 50 leads. Mas você vai querer mais leads para manter seu funil de vendas crescendo e recebendo mais oportunidades! E é aí que a automação de marketing e a nutrição de leads andam juntas. Através de plataformas de automação de marketing de alta tecnologia, empresas podem escalar seus negócios e manter relacionamento com amplos grupos de leads que uma pessoa sozinha, ou um pequeno time, não poderiam fazer manualmente.

Lead Scoring

Vimos que a grande maioria dos leads que chegam até você ainda não estão prontos para uma compra. Eles simplesmente estão procurando mais informações, querendo respostas para suas dúvidas ou avaliando opções. Então, como saber quando é o momento em que o lead está mais propenso a compra?

Ferramentas de automação de marketing possuem a funcionalidade de pontuar seus leads. Isto é, pontos são atribuídos a leads que fizeram determinadas ações que mostram engajamento com sua empresa: aberturas de e-mails, cliques em e-mails, visitas a páginas específicas do site, download de ofertas de conteúdo, etc. Este controle é personalizável e você ajusta de acordo com as ações que você julga importante antes de entrar em contato com o lead.

Quanto maior a pontuação do lead, mais preparado ele estará para receber um contato da equipe comercial e maiores são as chances de fechamento de negócio. Através de um sistema de lead scoring, você evita desperdiçar o tempo de sua equipe comercial entrando em contato com cada lead que chega até você.

Inbound Sales

Diferentemente de abordagens de vendas tradicionais, a abordagem de vendas do inbound, chamada de inbound sales, é focada em compradores individuais e suas necessidades pessoais, pontos de dor (pain points), frustrações e objetivos. No método inbound, é essencial priorizar as necessidades do comprador antes das necessidades da sua empresa.

O método de inbound sales também difere-se do tradicional pela forma como os vendedores interagem com os prospects. No modelo tradicional de ligações frias (cold calls), o vendedor tem pouca informação sobre a pessoa do outro da linha. Ela sabe o nome, a empresa e a indústria, mas não sabe quais desafios a pessoa enfrenta, quais são suas motivações e quais são seus objetivos. O vendedor não sabe qual o nível de conhecimento do prospect acerca de sua empresa e muito menos o seu nível de engajamento. É uma tentativa de venda quase que às escuras, que, na maioria dos casos, não resulta em fechamento de negócios.

No inbound sales, ao contrário, há muito menos suposições a fazer. Você trabalha com informações a seu favor. Você sabe que um lead fez download de seus materiais, que eles abrem seus e-mails, que eles lêem seus artigos de blog, que eles visitam páginas do seu site, que eles te seguem nas mídias sociais, etc. Desta maneira, seu entendimento sobre as necessidades de sua buyer persona é muito maior, e seus contatos comerciais serão muito mais produtivos.

Ferramentas de automação de marketing facilitam este processo ao mostrar uma linha do tempo de todas as interações de um prospect desde o momento que chegou à sua base de contatos. Usando esta informação, vendedores terão insights sobre o que o prospect está procurando e poderá ajudá-lo através de uma conversa com muito mais sentido.

CRM

CRM, sigla da palavra inglesa customer relationship management, são sistemas projetados para gerenciar os detalhes associados a seus clientes e prospects e facilitar a operação comercial ao relacionar o responsável pelo contato.

Dentro do Inbound Marketing, existe o conceito Smarketing, isto é, vendas e marketing trabalhando com objetivos e informações compartilhadas. E é deste modo que o CRM é altamente importante no inbound marketing. Se corretamente integrado com as plataformas de automação de marketing — e muitas delas oferecem esta integração! — a equipe de vendas terá um alto repertório de informações que ajudará no fechamento de uma venda. O vendedor, antes de estabelecer um contato telefônico, saberá quais os conteúdos e informações consumidas pelo prospect antes mesmo de pegar no telefone, o que tornará o processo de vendas muito mais natural.

Além disso, é no CRM que ficarão registradas suas reuniões e interações com os prospects, seu pipeline de vendas e suas oportunidades de fechamento de negócio.

Encantar

O Inbound Marketing não para no fechamento! Você vai querer que seus consumidores sejam seus leais promotores. Isto significa que mesmo após um lead se tornar cliente, eles ainda precisam ser engajados através de conteúdo dinâmico, mídias sociais e relacionamento inteligente. Ao final, você não somente terá mais oportunidades de upselling, mas terá clientes satisfeitos que te recomendarão a muitos outros. Vejamos algumas ações para atingir esta missão.

E-mails de follow-up

Em seus e-mails de follow-up para clientes, você deve utilizar os mesmos princípios que já vimos ao longo deste conteúdo. Sabendo o que seus clientes compraram, e-mails de follow-up vão te ajudar a manter o relacionamento pós-venda de forma que os clientes vão valorizar ainda mais sua empresa pela pró-atividade em prover recomendações e antecipar problemas futuros.

Conteúdo inteligente

Um cliente atual não quer receber em seu e-mail um pitch de vendas da sua empresa, ou conteúdos que já receberam antes quando ainda eram leads. Eles querem conteúdos dinâmicos, atualizados e especialmente para eles. Com a automação de marketing você cria listas de clientes atuais, cria CTAs personalizados e modela ofertas de conteúdo das quais seus clientes ainda não receberam.

Questionários

Uma grande maneira de descobrir o que seus consumidores é perguntando diretamente a eles. Com um questionário sucinto e direto ao ponto, você pode receber informações diretamente do seus clientes para melhorar seus esforços de marketing e produto no futuro.

Interações em Mídias Sociais

Mantenha-se atualizado sobre suas mídias sociais e monitore conversações que importam para seus clientes. Utilize a seu favor questões, comentários, curtidas e avaliações para levar conteúdo útil e relevante, provocando um sentimento positivo em seus clientes sobre sua empresa.

Analisar

Embora não entre oficialmente no ciclo da metodologia inbound marketing, analisar suas ações é uma etapa que ocorre paralelamente a todas as outras e deve ser realizada em todos os estágios do inbound marketing. É através da análise que você conseguirá medir o desempenho de suas ações, otimizar resultados e corrigir aquilo que pode ser melhorado.

Quais métricas de inbound marketing mensurar

Visitantes no website

Ao monitorar o número de visitas que seu site recebe em bases diárias, semanais e mensais, você terá uma ótima ideia de como você está sendo encontrado pelas pessoas que procuram pelo produto ou serviço que você oferece. Analise a contribuição de cada canal para levar visitantes a seu site.

Taxa de conversão

Esta métrica te dará uma perspectiva sobre a habilidade do seu site de converter visitantes em leads.  Divida o número de leads gerados no website pelo número de visitantes e você terá a taxa de conversão. Normalmente, um bom índice fica em 5%. Monitore a taxa de conversão por fonte para tomadas de decisão mais assertivas.

Leads gerados por mês

Consequência das duas métricas anteriores, o número de leads gerados por mês indica como está sua capacidade de encher o funil de vendas ao longo do tempo. Tão importante quanto saber o número de leads gerados por mês, é identificar suas origens — SEO, links patrocinados, mídias sociais, e-mail marketing entre outras.

Taxa de conversão por landing page

Normalmente, landing pages devem converter de 20% a 40% dos visitantes em leads. Se sua landing page não está atingindo este potencial, experimente testes A/B e analise o desempenho conforme você faz alterações nos elementos de sua página.

Taxa de abertura de e-mail

Ao longo deste conteúdo vimos a importância do e-mail marketing dentro da metodologia. Para que o e-mail seja efetivo, é preciso que seus destinatários o abram para ver o conteúdo por dentro. Certifique-se de escrever assuntos que sejam atrativos o suficiente para fazer com que as pessoas abram e leiam seus e-mails.

Taxa de cliques de e-mail

Mais importante que abrir o seu e-mail, o conteúdo dentro do seu e-mail deve ser atrativo o suficiente para fazer com que as pessoas cliquem para fazer o download de sua oferta, ler seu mais novo artigo de blog ou solicitar um contato. Assegure-se de tornar o seu conteúdo atrativo para encorajar mais cliques.

Ranking de palavras-chave

Você está trabalhando para ser encontrado pelo cliente certo, e então você precisa saber quais as palavras-chave que estão levando mais tráfego para seu website. Verifique os rankings das palavras-chave que trazem tráfego a seu site e aquelas das quais você gostaria que trouxessem. Ao monitorar seus rankings, você terá um direcionamento maior para produzir conteúdos no seu site.

Taxa de fechamento de clientes

Saber quantos leads gerados se tornam clientes é extremamente importante para verificar o retorno do investimento que suas campanhas vem trazendo. Otimize esta métrica ao alinhar as equipes de marketing e vendas em torno de objetivos comuns e informações compartilhadas.

Web Analytics

Agora que você já sabe algumas das métricas mais importantes do inbound marketing, é hora de definir como você vai mensurá-las. Existem várias plataformas que podem te ajudar neste processo.

Ferramentas gratuitas, como o Google Analytics, te permitem rastrear visualizações de páginas, dados demográficos do visitantes, taxas de conversão e número de downloads de determinado material. Isto tudo levando informações sobre origem de tráfego de todos os visitantes.

Ferramentas de Inbound Marketing

Enquanto que o Google Analytics te dará valiosas informações quantitativas, fazer Inbound Marketing sem uma plataforma única, que integre ações de marketing e vendas, relatórios,  e previsões de vendas em um mesmo lugar é uma tarefa complicada.

Isto porque as ferramentas de Inbound Marketing possuem a capacidade de concentrar todos seus esforços em um mesmo ambiente. Ao mesmo tempo em que você consegue construir landing pages poderosas para converter visitantes em leads, você também dará informações a sua equipe de vendas sobre o momento certo de estabelecer um contato comercial baseado em todo o histórico de interação do usuário com sua empresa. Quais os e-mails ele abriu, quais páginas de site ele visitou, por quais assuntos ele tem mais interesse, e muito mais.

Ferramentas de Inbound Marketing facilitam o trabalho de automação de marketing ao permitir criação de CTAs, formulários, e-mails, landing pages, blogs, listas e fluxos automatizados, gerenciamento de base de contatos, publicação e agendamento de mídias sociais e outras atividades das quais profissionais de marketing devem lidar constantemente.

Pioneira com a metodologia Inbound, a HubSpot é a mais completa ferramenta de Inbound, capaz de integrar o melhor da automação de marketing com um poderoso CRM. Com o avanço do Inbound Marketing, outras ferramentas ganharam espaço, entre elas destacam-se: SharpSpring, Marketo, InfusionSoft e RD Station.

Benefícios do Inbound Marketing para sua empresa

Existem muitos benefícios de utilizar o Inbound Marketing como estratégia para sua empresa.

Com a metodologia inbound marketing, seu tráfego no website aumentará de forma exponencial conforme o tempo. Leads que são qualificados chegarão devidamente aquecidos para sua equipe de vendas.

Com uma melhor qualificação, as taxas de fechamento são maiores, o que significa que tanto seus clientes quanto sua equipe comercial ficarão satisfeitos. No final, o retorno do investimento é inevitável.

Alguns outros benefícios do Inbound Marketing incluem:

  • Um melhor relacionamento e experiência dos clientes com sua marca;
  • Clientes ganharão confiança e serão promotores voluntários da sua empresa, trazendo novos negócios até você;
  • Simplifica seus esforços de marketing ao integrar todas suas ações em uma única plataforma;
  • Integração entre as equipes de Marketing e Vendas;
  • Total capacidade de análise através de plataformas que integram automação de marketing e CRM.

WSI — Consultoria e Agência de Inbound Marketing

O Inbound Marketing é uma estratégia altamente poderosa para gerar retorno do investimento (ROI), atrair leads a custos menores e desenvolver a reputação credibilidade e lealdade da sua marca.

Se você precisa implementar o Inbound Marketing para gerar resultados excepcionais para sua empresa, entre em contato com a WSI. Temos mais de 20 anos de experiência, Temos mais de 100 mil clientes satisfeitos pelo mundo e também podemos te ajudar a obter os resultados que você merece.

Quer aumentar as vendas e leads da sua empresa?

Preencha o formulário ao lado que um de nossos especialistas em novos negócios irá entrar em contato com você
 

Deseja aumentar as suas vendas ou o número de leads que recebe no seu site? Qual o seu objetivo? A WSI possui estratégias personalizadas para atender as suas necessidades e conseguir os melhores resultados.

(11) 4324-2512
WSI Marketing Digital