Fale conosco pelo WhatsApp

Saiba como funciona a telemedicina

29 de março de 2022 | | 0
Mulher utilizando notebook para ter uma consulta de telemedicina
(Banco de imagens: Shutterstock)

Inovação na área da saúde traz muitas vantagens para médicos e pacientes.

 Nos últimos anos, a área da saúde vem passando por transformações sólidas em um processo que conhecemos como transformação digital. Resumidamente, esse processo consiste em aproveitar o uso de possibilidades tecnológicas para melhorar a experiência humana. A telemedicina é um dos desdobramentos dessa transformação.

Você já ouviu falar em telemedicina? Popularizada em todo o Brasil em 2020, quando teve início a pandemia de Covid-19, essa prática possibilita um atendimento médico remoto de excelência. Conheça mais sobre essa inovação médica no artigo a seguir!

O que é a telemedicina?

A telemedicina é uma área que utiliza tecnologias para possibilitar a prática do atendimento médico por um profissional de maneira remota. Até pouco tempo atrás, as tecnologias existentes ainda não permitiam esse ramo de atuação com amplitude e qualidade.

Não há um consenso de quando esse tipo de atividade começou a ganhar experimentações no Brasil, mas relatos norteiam que em 1994 tal inovação começou a ser usada em exames de eletrocardiograma feitos à distância.

A evolução tecnológica hoje permite que a telemedicina não só leve atendimento médico de qualidade para lugares afastados, como torna essa experiência do paciente mais fácil, rápida e descomplicada.

Foi durante a pandemia iniciada em 2020 que a telemedicina se popularizou, evitando que muitos pacientes fossem a hospitais e evitassem o contágio e disseminação do coronavírus. Essa prática está longe de ser uma inimiga da medicina convencional: pelo contrário, ela surge para complementá-la, e não a substituir.

Benefícios da telemedicina

Essa inovação na área médica tem trazido múltiplas vantagens tanto para os médicos quanto para os pacientes. Dentre os benefícios, podemos elencar:

  • Maior agilidade operacional;
  • Solução para problemas relacionados a distâncias geográficas;
  • Complementação da medicina convencional;
  • Oferta de serviços especializados;
  • Ampliação da cobertura médica;
  • Maior qualificação de profissionais;
  • Segurança estrutural e sigilo de dados, conforme normas internacionais;
  • Compartilhamento de experiência, melhorando a qualidade no diagnóstico e na prevenção;
  • Envio de exames para laudo em tempo integral, com respostas ágeis;
  • Redução de custos para hospitais, clínicas e consultórios.

Afinal, como essa prática funciona?

A telemedicina opera, principalmente, em duas ramificações: os telelaudos e a teleassistência.

Em primeiro lugar, vamos entender sobre os telelaudos, a principal área de atuação da telemedicina no Brasil. Trata-se da emissão de laudos médicos de maneira remota, ou ainda de telelaudos apresentados em softwares de saúde, que facilitam o recebimento de exames – como os de imagem, os eletrocardiogramas e outros, para que sejam feitas análises clínicas.

Já com relação à teleassistência, podemos dizer que esse tipo de consulta médica à distância oferece muitos serviços de rotina clínica para as mídias digitais, tais como a triagem, a orientação e a monitorização do paciente, além de consulta entre diferentes médicos para a obtenção de uma segunda opinião de diagnósticos.

Tudo isso é realizado em plataformas digitais, através de videochamadas, seja pelo computador, tablet ou smartphone, agilizando processos médicos, reduzindo custos e ressignificando a jornada do paciente.

A importância da inovação na saúde

A inovação e a tecnologia vêm sendo fundamentais para a manutenção de diversos segmentos, e a área médica é um deles. A telemedicina é apenas uma das possibilidades que a digitalização dos processos oferece para médicos e pacientes atualmente.

Atualmente, diversas outras soluções digitais vêm crescendo para aprimorar o trabalho de médicos e a experiência de pacientes, como os softwares de gestão, a automação de processos e os prontuários eletrônicos.

Além disso, cresce também o uso da inteligência artificial, com uso de chatbots para agilizar a pré-consulta e para garantir maior eficiência em exames e intervenções cirúrgicas, em muitos casos.

A WSI Marketing Digital tem experiência em conectar médicos ao universo tecnológico. Acompanhe nosso blog e baixe nosso e-book de marketing médico.

Banner de marketing médico da WSI