Fale conosco pelo WhatsApp

Passo a Passo para Abrir um Consultório Médico

26 de outubro de 2021 | | 0
Sala em consultório médico
(Banco de imagens: Shutterstock)

Confira dicas para ter sucesso na abertura de uma empresa especializada em saúde

Abrir um consultório, assim como inaugurar qualquer outro negócio, requer um pouco de burocracia, estratégia e pontos específicos de cuidados. O desafio, na área da saúde, é ainda maior, pois é preciso mesclar habilidades de gestão com os cuidados necessários para seguir as normas médicas.

Esse artigo vai trazer as principais dicas para que você consiga abrir um consultório de sucesso, seguindo as normas legislativas vigentes e garantindo uma boa gestão. Afinal, vender serviços de saúde é também uma forma de empreender.

1.   Escolha qual será a categoria do seu estabelecimento

Dentro da área da saúde, existem diversos tipos de clínicas e consultórios da rede privada. Definir qual será a sua é um passo muito importante para posteriormente poder focar a divulgação para o público-alvo adequado. As opções podem ser:

  • Clínica popular: em geral, de baixo custo de manutenção e também nos atendimentos. Seus atendimentos são mais rápidos e voltados para casos menos complexos;
  • Clínica integrada: costuma contar com uma sociedade de médicos com especialidades distintas;
  • Clínica de diagnóstico especializada: geralmente, têm a função de cuidar de doenças um pouco mais complexas. Esse tipo de consultório demanda alguns equipamentos próprios para a realização de exames;
  • Clínicas especializadas: além de atender uma especialidade, nesta modalidade o médico também precisa ter uma especialização extra. Por exemplo: neurocirurgião especializado em coluna e cérebro.

2.   Encontre um bom espaço para abrir um consultório

A busca por um lugar adequado para abrir um consultório é guiada pelo tipo de instituição que você pretende abrir. Assim, é possível calcular quantos ambientes serão necessários para que todos os desenvolvimentos ofertados possam ser realizados.

A localização geográfica também é um fator decisivo, uma vez que não pode ser fora de mão para o seu público-alvo. Buscar espaços disponíveis em regiões mais centrais do município costuma ser uma boa pedida, pois assim se consegue abranger diferentes tipos de paciente, independentemente de faixa etária, gênero e classe social.

Lugares bem arejados e com boa iluminação natural também são boas pedidas quando o assunto é uma organização de saúde. No seu planejamento, não esqueça de estabelecer um teto de quanto poderá ser gasto mensalmente com o aluguel – ou pela compra do imóvel, se for o caso.

3.   Siga as normas da vigilância sanitária e fiscais

Esse passo pode parecer até bem óbvio, mas é de extrema importância se atentar a ele para não deixar nenhum detalhe passar batido.

Ao abrir um consultório, você precisará regularizá-lo junto às autoridades sanitárias locais. Alguns processos burocráticos precisam ser seguidos, tais como a obtenção da licença da Vigilância Sanitária, o Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), o alvará da prefeitura do município e o certificado da Limpurb.

A parte administrativa e financeira também deve ser um ponto de atenção. Logo, conte com o auxílio de uma empresa ou profissional de contabilidade para cumprir com todas as obrigações fiscais e tributárias. Se tiver mais de um consultório/clínica em cidades diferentes, é importante se atentar ao sistema tributário local e não ter problemas junto aos órgãos competentes, como a Receita Federal.

4.   Não esqueça da decoração ao abrir um consultório

Qualquer empresa precisa levar em conta a aparência de seu estabelecimento, pois é isso que causa a primeira impressão. Logo, ao abrir um consultório, tente garantir um local aconchegante para seus pacientes, com sofás e poltronas confortáveis.

Também tente combinar cores calmas para garantir a harmonia do ambiente. Busque combinar almofadas, tapetes e cortinas. Opções de revistas à disposição dos pacientes que estejam aguardando, bem como uma televisão ou música ambiente, podem ser alternativas úteis. Essas são algumas das dicas para abrir um consultório!