Fale conosco pelo WhatsApp

Mídias Sociais podem gerar leads qualificados para minha empresa?

5 de agosto de 2015 | | 1047
Mídias Sociais podem gerar leads qualificados para minha empresa?
(Banco de imagens: Shutterstock)

Sim, as mídias sociais têm uma alta capacidade de geração de leads. Existem formas de fazer isso: com a produção de conteúdo de qualidade, anúncios direcionados e impulsionamento de conteúdo.

A produção de conteúdo consiste em um trabalho contínuo e de longo prazo, onde os resultados em vendas serão obtidos a partir da consolidação da marca e da construção da reputação online. Os anúncios e impulsionamentos por outro lado, atingem um público segmentado e trazem resultados mais imediatos.

Neste artigo vamos comparar os anúncios pagos no Facebook e no LinkedIn e ver quais são as vantagens e desvantagens de cada uma dessas plataformas considerando particularidades da oferta e do segmento.

Facebook Ads

O Facebook Ads é a plataforma de anúncio dessa mídia social e permite diversas vantagens para empresas que desejam segmentar sua publicidade, atingindo um público mais qualificado.

Mas, como todas, possui alguns resultados que são mais visíveis que outros, confira os principais:

Vantagens do Facebook Ads

  • Com mais de 1,5 bilhão de usuários ativos, o Facebook possui clientes/usuários para todos os segmentos de mercado.
  • Não possui valor mínimo para investir em um anúncio no Facebook, o que permite controle do orçamento da campanha e acessibilidade para empresas de todos os portes.
  • Utiliza o modelo Pay Per Click, onde a empresa só vai gastar quando alguém clicar na publicidade. Também tem o modelo de CPM, onde pagamos por impressão.
  • É a rede social mais usada no mobile, o que permite criar campanhas direcionadas para essas plataformas.
  • Público personalizado, o que permite gerar leads mais qualificados. Além disso o Facebook tem investido em mais segmentação corporativa, sendo possível filtrar campanhas por local, idade, gênero, idioma, interesse, comportamento e conexões.
  • A publicidade é uma das principais fontes de renda do Facebook e a rede social tem investido na otimização de campanhas, com novas modalidades de anúncios, relatórios e funções, como a promoção de vídeos.

LinkedIn Ads

redes sociais

No LinkedIn é possível criar anúncios com o LinkedIn Ads usando a página de uma empresa ou o modo Business. Este tipo da publicidade também tem benefícios bem expressivos para as empresas, pois o nível de segmentação é ainda maior. Confira os porquês sim e os porquês não do LinkedIn Ads.

Benefícios do LinkedIn Ads

  • O Brasil é um dos maiores públicos do LinkedIn com 17 milhões de usuários.
  • O LinkedIn permite uma segmentação muito mais direcionada, principalmente para B2B, sendo possível filtrar por: cargo, setor e tamanho da empresa, nível de experiência profissional, idade, geolocalização e nome da organização.
  • O filtro por cargo permite que empresas B2B atinjam diretamente gerentes e diretores de empresas-alvo, sendo possível classificar o público e gerar leads ainda mais qualificados.
  • No LinkedIn é possível variar anúncios em campanhas, onde uma única campanha pode ter até 15 anúncios diferentes, melhorando os testes de textos e imagens.
  • O ambiente do LinkedIn é mais voltado para negócios, o que faz com que o público desta rede social esteja mais propenso a realizar uma transação, por exemplo.

 Pontos de atenção do LinkedIn

  • O alto custo dos anúncios do LinkedIn Ads é um dos principais empecilhos desta plataforma. Ela permite um investimento mínimo de R$ 20 por dia, sendo que o CPC mínimo é R$ 4. Isso impõe uma grande limitação orçamentária, onde uma campanha com valor mínimo atingiria apenas 5 pessoas por dia.
  • No LinkedIn Ads o tamanho do anúncio é limitado e não chama tanta atenção. As imagens são limitadas a 50 x 50 pixels e call to action pode ter no máximo 75 caracteres. Isso é feito para manter a credibilidade da plataforma.
  • Não permite remarketing. Todas as outras plataformas permitem que a empresa atinja pessoas que já visitaram o site, que são teoricamente mais propensas a serem alcançadas por um anúncio.
  • O LinkedIn Ads não indica a relevância do anúncio como o Facebook e o Adwords. Esse direcionamento permite otimização da publicidade, com orientação da colocação, frequência e custos.

Não se esqueça que antes de começar a anunciar em qualquer plataforma é necessário investigar seu público-alvo e identificar quais seriam as abordagens mais eficazes para cada perfil.

A geração de leads pode ser conquistada de forma mais direta, com anúncios pagos segmentados por pesquisa, ou por um trabalho mais permanente, como o SEO. Não se esqueça, gerar leads é o primeiro passo para aumentar suas vendas, ainda há muito trabalho a ser feito!