Fale conosco pelo WhatsApp

Como fazer o treinamento para recepcionistas de clínicas?

13 de dezembro de 2021 | | 0
Recepcionista de clinicas atendendo paciente
(Banco de imagens: Shutterstock)

Instituições de saúde que contam com profissionais acolhedores e empáticos se destacam frente à concorrência

Um adequado treinamento para recepcionistas de clínicas médicas e odontológicas pode trazer muitos bons frutos para o sucesso dessas instituições. Cada vez mais os pacientes buscam um atendimento diferenciado e personalizado quando precisam de assistência na área da saúde.

Estar em consonância com as boas práticas da atualidade exige que as clínicas disponham de um eficaz treinamento para recepcionistas de clínicas médicas. Afinal, é na sala de espera de um consultório que acontece boa parte da experiência de se ir ao médico.

Sabemos que, na maioria das vezes, ir a uma consulta não é uma das mais felizes vivências. E é dever dos consultórios investir para que esse momento seja o mais agradável possível.

Afinal, por que investir em treinamento para recepcionistas de clínicas?

Em primeiro lugar, é preciso dizer que um mau atendimento na sala de espera dos consultórios é responsável por frequentes queixas e críticas de pacientes a clínicas e consultórios. Em muitos casos, as pessoas acabam optando por não retornar ao lugar para uma nova consulta ou tratamento em razão de não se sentirem acolhidas pelo estabelecimento.

Portanto, é de fundamental importância investir em treinamento para recepcionistas de clínicas para que esses profissionais saibam agir dentro de uma cartilha focada em uma boa experiência e jornada do paciente.

Capacitar colaboradores responsáveis pela recepção das clínicas e consultórios pode ajudar na produtividade de toda a equipe da instituição, o que faz com que esse treinamento se torne até mesmo um investimento. Aqui seguem algumas dicas que podem ser seguidas para que o treinamento para recepcionistas de clínicas seja efetivo.

Invista em programas de certificação e de treinamento contínuo

Existem eficientes programas de certificação para recepcionistas de estabelecimentos de saúde. Tais treinamentos podem ser realizados até mesmo de maneira online, trazendo conhecimentos teóricos específicos, como faturamento de plano de saúde, gestão de registros de assistência, ética, codificação médica, terminologias da área, entre outros.

Além desses cursos, o treinamento para recepcionistas de clínicas continua nos primeiros dias ou semanas subsequentes à efetivação dos colaboradores. Aqui, é o momento de garantir uma capacitação contínua para que os funcionários aprendam mais sobre as funções práticas do cargo que exercem.

Recepcionistas de espaços de saúde agregam uma boa gama de atividades administrativas, podendo agir ainda como auxiliares dos especialistas da clínica. Alguns dos deveres desse profissional podem incluir:

  • Agendamento de consultas, exames, cirurgias e retornos;
  • Gestão de registros dos pacientes;
  • Solicitação de equipamentos, medicamentos, produtos ou insumos para o consultório;
  • Atendimento personalizado aos pacientes;
  • Registro de informações médicas;
  • Administração dos dados financeiros dos clientes do espaço.

Aposte em dicas de boas práticas

A motivação no trabalho é uma das estratégias fundamentais para que os colaboradores se mantenham produtivos e exerçam com maestria suas funções, correspondendo com as boas práticas de cada profissão. E é dever dos gestores de qualquer empresa oferecer dicas e situações para que os funcionários se sintam bem no exercício de suas atividades.

O treinamento para recepcionistas de clínicas também passa por essas orientações básicas do dia a dia que, além de proporcionarem um ambiente confortável de trabalho, também devem incentivar a boa prática das atividades laborais. Por exemplo, investir em bonificações e benefícios já é um clássico.

Além do mais, ofertar um espaço adequado e confortável para a realização de refeições também faz toda a diferença nesse tratamento. Por consequência, algumas solicitações e dicas também devem ser feitas para que os recepcionistas ofereçam um trabalho diferenciado.

Dentre algumas dessas boas práticas que podem ser aplicadas pelos profissionais de recepção estão:

  • Sempre sorrir;
  • Chamar o paciente sempre pelo nome;
  • Ter educação e cordialidade como premissas indispensáveis;
  • Confirmar sempre as informações antes de repassá-las adiante;
  • Evitar o uso da resposta “não sei” para os pacientes.

Em suma, oferecer um treinamento para recepcionistas de clínicas pode ter, dentre outras consequências, uma melhoria no próprio marketing médico da sua instituição. Espaços que se diferenciam dos demais por oferecer um bom tratamento ao cliente costumam se destacar mesmo no tradicional marketing boca a boca.

Quer saber mais sobre outros assuntos relacionados à carreira médica? Assine nossa newsletter.