Fale conosco pelo WhatsApp

A importância do CRM na fidelização dos pacientes

13 de novembro de 2021 | | 0
Moço levantando mão para frente
(Banco de imagens: Shutterstock)

Segmentação de clientes segundo suas necessidades é uma das vantagens do sistema

A importância do CRM (sigla para a expressão em inglês Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) é que esta é uma ferramenta fundamental para que qualquer empresa (inclusive consultórios ou clínicas médicas) destaque-se no mercado.

Em poucas palavras, podemos definir o CRM como todo um conjunto de sistemas de informações ou instrumentos que automatizam as funções de contato com o cliente.

Tais ferramentas correspondem a sistemas informatizados, mas também a uma atitude corporativa voltada a um bom relacionamento com o cliente, via armazenamento e uso de informações sobre as interações com o consultório ou clínica que sejam mais comuns vindas de cada paciente.

Se quisermos falar de maneira mais direta, podemos também definir o CRM enquanto o conjunto de ações voltadas ao aumento da satisfação dos clientes com os serviços que seu consultório oferece.

Vamos, agora, entender um pouco mais da importância do CRM para o sucesso de um empreendimento no ramo da saúde.

CRM e consultórios médicos: uma relação mais do que próxima

O CRM, como demonstrado, é uma ferramenta que guarda informações de seus pacientes atuais – e dos pacientes em potencial, futuros (chamados, em marketing, de leads).

Sendo assim, a importância do CRM fica evidente quando ele auxilia o médico a estreitar seu relacionamento com os pacientes e quando ajuda na retenção ou fidelização de tais pacientes.

As melhores práticas e metodologias de um CRM voltado a negócios de saúde podem ser condensadas em softwares, que as implantam e as operacionalizam automaticamente em seu consultório uma vez instalados nos computadores da empresa.

Existem, já há muito tempo, softwares de CRM específicos para estabelecimentos médicos. Eles ajudam bastante… mas têm de ser bem escolhidos.

Um bom software do tipo, por exemplo, oferece armazenamento de dados em nuvem e envio automático de lembretes de consulta aos pacientes, pelo menos.

Um software/CRM faz com que seu consultório possa deixar a cargo de máquinas processos burocráticos e a cargo de pessoas (você e seus funcionários) o cuidado com outras pessoas (seus pacientes) – e isso é muito importante para que um empreendimento do tipo seja bem-sucedido.

Como o CRM impacta diretamente na fidelização de pacientes

Um CRM de qualidade, uma vez implantado em sua empresa médica, traz sólidos retornos no que tange à permanência de cada paciente, no longo prazo, como seu cliente.

A maior importância do CRM, na verdade, talvez resida justamente aí; e a Gestão de Relacionamento com o Cliente (como explicado anteriormente, essa é a versão em português para a expressão que originou a sigla) impacta em tal fidelização de pacientes através dos seguintes meios:

  • Segmenta-os de acordo com suas necessidades específicas;
  • Mantém o contato do paciente para que possam ser feitas ações de marketing voltadas a ele;
  • Atrai novos visitantes ao consultório, os quais podem se tornar usuários (pacientes) do mesmo;
  • Diminui fortemente o absenteísmo, ao organizar de forma lógica a agenda do consultório;
  • Possibilita um registro fiel do histórico de contatos do consultório com o paciente;
  • Ao permitir que ocorram mais atendimentos no local, contribui para o aumento da lucratividade do mesmo.

A importância do CRM para os estabelecimentos de saúde

O melhor caminho visando conquistar e manter um cliente é relacionar-se bem com ele.

É saber dos seus hábitos, criar para ele serviços customizados, apresentar-lhe soluções mais ágeis e fornecer um atendimento personalizado.

Estes são diferenciais poderosos para que uma companhia médica seja escolhida por alguém em detrimento da concorrência.

A importância do CRM reside em sua capacidade de colocar o cliente na posição de foco das ações da empresa, priorizando sua felicidade com o atendimento que lhe é prestado.

Observe as perguntas a seguir.

Você:

  • Deseja aprimorar a relação com seus pacientes?
  • Acha que o fluxo de atendimentos não está no nível ideal em seu consultório ou clínica?
  • Acha que sua equipe apresenta dificuldades em fidelizar pacientes?
  • Acredita que as informações acerca de seus pacientes não se encontram devidamente organizadas?
  • Perde muito tempo para encontrar informações relevantes acerca de seus pacientes?
  • Ambiciona automatizar processos e, assim, obter mais tempo visando tratar seus pacientes de maneira humanizada?

Se a resposta a estas questões for sim, não resta dúvida: chegou a hora de você implantar o CRM em seu consultório ou clínica médica.