5 Passos Para Impulsionar Suas Campanhas de Social Ads

Social advertising

Social Ads

Ao longo dos últimos anos, especialmente deste, a publicidade em canais sociais cresceu de forma acintosa.

As principais plataformas sociais mudaram seus algoritmos para dar aos usuários uma melhor experiência – com menos conteúdo promocional e com mais conteúdo relevante que as pessoas querem ver.

Por causa destas mudanças, profissionais de marketing precisam complementar seus posts orgânicos com posts impulsionados e social ads para atingir maior parte de sua audiência.

Hoje, um post orgânico é visualizado por apenas 10% de uma base de seguidores — o que não é suficiente para extrair o máximo dos benefícios que as mídias sociais podem trazer ao seu negócio.

Relatórios dão conta de que neste ano o investimento publicitário nas plataformas sociais vai atingir $35.98 bilhões no mundo.

Como as empresas estão gastando cada vez mais em plataformas sociais, torna-se mais importante do que nunca ter uma estratégia certa em linha, mensurar todas suas campanhas e obter insights sobre o que está funcionando e o que não está. Apenas assim sua empresa pode entender o retorno do investimento publicitário de suas campanhas.

Neste post, vamos te mostrar como elaborar suas campanhas de social ads do início ao fim para obter resultados notáveis. Aqui estão cinco passos para ampliar o alcance de suas campanhas nas mídias sociais.

1.      Defina Seus Objetivos

É importante entender seus objetivos para cada campanha de social advertising com antecedência porque sua estratégia e métricas de performance vão variar dependendo dos objetivos que você pretende atingir.

Seus objetivos te ajudarão a mapear as ofertas mais relevantes e conteúdo adequado para eles – quer sejam conhecimento de marca, engajamento, geração de leads, aquisição de consumidores, retenção, evangelização ou a combinação destes.

Por exemplo, se seu objetivo é atrair mais leads, você provavelmente terá que compartilhar e-books, whitepapers e outras ofertas de conteúdo em que as pessoas terão que preencher um formulário para ter acesso. Deste modo você poderá coletar informações dos seus leads. Mas se o seu objetivo é gerar conhecimento de marca, então você pode promover outros tipos de conteúdo, como um vídeo ou um infográfico.

2.      Identifique Sua Audiência

Assim como você faria com qualquer campanha de marketing, você precisa saber quem sua empresa está tentando atingir com cada anúncio.

Uma vez que você já tenha mapeado as buyer personas da sua empresa, você precisa decidir como será a audiência exata de suas campanhas sociais. Existem muitas opções para segmentar audiências específicas em várias plataformas sociais, mas se você não sabe quem é o seu alvo, você não conseguirá fazer bom uso das opções de segmentação.

3.      Escolha os Canais e Conteúdo Certos

Impulsionamento de resultados

As audiências em cada plataforma social são diferentes, e enquanto as mesmas pessoas podem estar em várias mídias sociais, suas expectativas quanto ao tipo de conteúdo que eles verão em cada canal também é diferente.

Então, você não só precisa entender estas redes em que sua empresa está e como atingir seu público, mas também como fazer com que as pessoas gostem e interajam com o conteúdo que você posta.

Por exemplo, anúncios sobre uma empresa focada em eventos pode ter uma boa performance no LinkedIn se estes forem segmentados para uma indústria específica. Os mesmos anúncios, no entanto, podem não ter a mesma performance Facebook.

4.      Selecione Opções de Segmentação

Uma vez que você tenha determinado em quais mídias sociais você vai anunciar, é hora de se familiarizar com as diversas opções de segmentação que cada plataforma traz.

As mídias sociais estão ficando a cada dia mais sofisticadas com opções de segmentação, e você pode direcionar anúncios segmentados por diferentes critérios: interesses, habilidades, formação, cargos, nomes de empresas e até mesmo listas de contatos extraídas de uma plataforma de automação de marketing.

As diferenças primárias entre o LinkedIn e o Facebook é que no primeiro seus anúncios são mais assertivos para atingir pessoas com cargos específicos, nível de escolaridade e habilidades. Enquanto no Facebook, os anunciantes podem configurar audiências baseadas em características demográficas, comportamentos, e níveis de interesse em determinados tópicos e produtos.

Além de segmentar públicos específicos, você também pode excluir audiências específicas das quais você não deseja anunciar. Esta é uma excelente opção para reduzir custos desnecessários de publicidade para pessoas que não tem o perfil desejado por sua empresa. Você pode excluir pessoas baseadas em seus endereços de e-mail, interesses, ocupação, empresa, ações em seu site e outras opções. Isto é especialmente vantajoso para não anunciar o mesmo produto para clientes que já o compraram ou então para seus concorrentes.

5.      Crie e Mensure Suas Campanhas

Uma campanha bem estruturada te ajudará a mensurar e analisar diversas iniciativas que estão em curso.

Você pode construir campanhas separadas por produtos e serviços que você quer mensurar separadamente — o que vai te ajudar a identificar a audiência mais provável a responder por determinado tipo de anúncio e conteúdo, assim como o produto que gera maior interesse.

Esta pode ser uma tarefa complicada se você agrupar tudo em uma mesma campanha. Por exemplo, se você estiver lançando um novo produto ou serviço e não está certo sobre qual o público terá maior aceitação, ou se você tem uma audiência de nicho, talvez no primeiro momento você não queira ser muito específico e assim ter um alcance maior. Então, você pode visualizar os dados da campanha para identificar quais os perfis de públicos que responderam melhor.

Existem diversas formas para rastrear a performance de suas campanhas de mídias sociais. Se você estiver usando uma plataforma de automação de marketing, como a Hubspot ou SharpSpring , você poderá criar campanhas que não rastreiam somente preenchimento de formulários, mas também o retorno gerado por campanha.

Uma outra maneira de mensurar a performance de suas campanhas é configurar URLs únicas para cada campanha. Em ambos os casos, não esqueça de implementar os códigos de rastreamentos de conversões em seu site.

O conhecimento gerado pela análise individual de suas campanhas te ajudará a realocar seu budget de campanhas de baixa performance para aquelas que estão trazendo um bom retorno do investimento.

E sua empresa? Já está se utilizando das melhores práticas em Social Ads para impactar a audiência e gerar maior retorno do investimento?
Checklist Mídias Sociais